Brasil tem 377 mortes por covid-19 em 24 horas e 13 mil novos casos

Ao todo, mais de 4,55 milhões de pessoas já foram infectadas, e 137 mil pacientes morreram em decorrência da doença.

Revista Imagem - 22/09/2020 07:23

O Brasil registrou 377 mortes em decorrência da covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (21) pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) e pelo Ministério da Saúde.


Com o novo balanço, o total de óbitos pela doença oficialmente identificados chegou a 137.272. O país ainda registrou oficialmente mais 13.439 casos de coronavírus, elevando o total de infectados para 4.558.068.


Ao todo, 3.887.199 pessoas se recuperaram da doença, segundo o ministério. O Conass não divulga número de recuperados.


Diversas autoridades e instituições de saúde alertam que os números reais de casos e mortes devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.


As cifras reportadas nas segundas-feiras também costumam ser mais baixas, já que equipes responsáveis pela notificação funcionam em escala reduzida nos fins de semana.


São Paulo é o estado brasileiro mais atingido pela epidemia, com 937.332 casos e 33.984 mortes. O total de infectados no território paulista supera os registrados em praticamente todos os países do mundo, exceto Estados Unidos (6,8 milhões), Índia (5,4 milhões) e Rússia (1,1 milhão).


A Bahia é o segundo estado brasileiro com maior número de casos, somando 295.996, seguida de Minas Gerais (271.194), Rio de Janeiro (252.046), Ceará (234.120) e Pará (220.775).


Já em número de mortos, o Rio é o segundo estado com mais vítimas, somando 17.727 óbitos. Em seguida vêm Ceará (8.834), Pernambuco (8.016), Minas Gerais (6.727), Pará (6.468) e Bahia (6.313).


A taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes subiu para 65,3 no Brasil, uma das maiores do mundo. A cifra fica bem acima da registrada em países vizinhos como Argentina (29,34) e Uruguai (1,33), e também supera a dos EUA, país mais atingido do planeta, que tem taxa de mortalidade de 60,98.


Em números absolutos, o Brasil é o terceiro país do mundo com mais infecções, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam 6,83 milhões de casos, e da Índia, com 5,48 milhões. Mas é o segundo em número de mortos, depois dos EUA, onde mais de 199 mil pessoas morreram.


A Índia, que chegou a impor uma das maiores quarentenas do mundo no início da pandemia e depois flexibilizou as restrições, é a terceira nação com mais mortos, somando 87,8 mil óbitos.


Ao todo, o mundo já registrou mais de 31,1 milhões de pessoas infectadas pelo coronavírus, enquanto mais de 962 mil morreram em decorrência da doença, segundo contagem mantida pela Universidade Johns Hopkins.

Por Deutsche Welle

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco