top of page

Nova escola no Embratel é construída com arrecadação própria da Prefeitura de Vilhena

Obra foi assumida pela Secretaria Municipal de Educação após o Governo Federal não dar continuidade aos pagamentos.
 

Revista Imagem - Vilhena-RO | 17/05/2021 - 16:35


A Prefeitura investe com recursos próprios na construção de uma nova escola infantil no bairro Embratel. Avaliada em cerca de R$ 1,4 milhão, a obra foi assumida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) após o Governo Federal não dar continuidade aos pagamentos para a empresa responsável pela obra. Agora, com valores oriundos de arrecadação dos impostos municipais, a Prefeitura prevê que 360 novos alunos já poderão estudar na unidade no início de 2023.

“Esta é uma das mais importantes obras em andamento na Educação do município, que tem um pacote de obras em execução para completa renovação da rede municipal de Ensino. As 19 obras que estão sendo realizadas, das quais quatro já recentemente concluídas, têm investimento de mais de R$ 11 milhões. Todas tiveram início em 2022, sendo que outras 14 ainda estão previstas para ocorrer neste ano”, explica a secretária municipal de Educação, Amanda Areval.

O prefeito Eduardo Japonês lembra que buscou diversas vezes agilizar o pagamento do Governo Federal para que a obra, iniciada por meio de convênio com o Ministério da Educação, fosse finalizada. “Fui muitas vezes a Brasília, em reuniões com o FNDE e outras autoridades federais, que me chegaram a garantir o pagamento do valor para que a empresa pudesse continuar a obra. Porém, isso não aconteceu, e decidimos assumir a obra com recursos próprios para que esta importante unidade escolar seja concluída e, de fato, passe a atender as crianças do bairro. Logo isso vai se tornar realidade”, revelou o prefeito.

A escola contará com seis salas de aula e capacidade para receber até 360 alunos, sendo 180 em cada período. “A população do município cresce a uma média de 2,5 mil por ano. Precisamos aumentar a capacidade de atendimento para comportar esse crescimento. Por isso, há tantas obras de ampliação e construção previstas, boa parte com uso de recursos próprios”, comenta Amanda.

Para garantir o conforto dos alunos e a otimização das atividades pedagógicas desenvolvidas pelos educadores, a escola segue os padrões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR), em projeto modelo definido pelo Governo Federal.

Recentemente o vereador Zé Duda, morador do bairro Embratel, verificou o andamento das obras e destacou a relevância da obra. “Em conversa com o engenheiro responsável pela empresa vencedora da licitação, me informei das etapas da obra. Fiscalizar o que está sendo feito e ver o bairro aos poucos melhorando me deixa cheio de emoção, pois estamos falando do nosso maior bem que é a Educação. Será uma escola importantíssima e muito benéfica para os alunos dessa região, que hoje precisam ir para escolas mais distantes. Por isso, vai ser uma melhoria na qualidade de vida, de ensino e de conforto para centenas de famílias aqui do bairro que tanto defendo”, completou o vereador.

 

Por Revista Imagem | Fonte: Semcom PMV

Comments


Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
AnuncieAqui_edited.jpg
Expressa.jpg
AnuncieAqui_edited.jpg
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
bottom of page