top of page

De Rondônia, apenas Confúcio Moura votou para retomar cobrança do Seguro DPVAT

Jaime Bagattoli e Marcos Rogério votaram contra o retorno da cobrança.

Revista Imagem - Vilhena-RO | 10/05/2024 - 08:12

O Senado aprovou por 41 votos a favor e 28 contra, nesta quarta-feira (8), o Projeto de Lei Complementar (PLP) N° 233/2023 que retoma o antigo Seguro Obrigatório para Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT) que passará a ser chamado de Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidentes de Trânsito (SPVAT).


A matéria é de iniciativa do governo Lula (PT). Os três senadores de Rondônia participaram da votação no plenário – Confúcio Moura (MDB), Jaime Bagattoli (PL) e Marcos Rogério (PL).


Do resultado da votação, Jaime Bagattoli e Marcos Rogério votaram contra a matéria, foram com o botão do “não”. Já o emedebista Confúcio Moura votou com o “sim”, pela retomada do pagamento.


De acordo com a proposição, o SPVAT deve ser cobrado anualmente dos proprietários de automóveis e motocicletas e usado para pagar indenizações por acidentes. A Caixa Econômica Federal será a administradora do fundo desses recursos.


Durante a votação na CCJ, o senador Jaques Wagner (PT-BA), relator da matéria, informou que o presidente Lula irá vetar o item que cria uma multa de trânsito por atraso no pagamento do SPVAT. Ele classificou a previsão de multa como uma penalização excessiva colocada pelos deputados durante a tramitação do projeto na Câmara.

 

Por Revista Imagem | Texto: Wanglézio Braga

Comentários


Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
AnuncieAqui_edited.jpg
Expressa.jpg
AnuncieAqui_edited.jpg
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
bottom of page