Covid-19: mais 2 mortes e 57 casos são registrados em Vilhena nesta segunda

O município soma 34 óbitos, sendo 28 mortes de vilhenenses e 1.916 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus

Revista Imagem - Publicado em 11/08/2020 07:33

UTI Neonatal onde está funcionando a Central de Atendimento à Covid-19 em Vilhena


Vilhena registrou mais 2 mortes por covid-19 e 57 novos casos da doença nesta segunda-feira (10), sendo 7 por exame de RT-PCR, 33 por teste de anticorpos IgM/IgG (teste rápido) e 17 por vínculo epidemiológico (quando a pessoa tem sintomas e contato constante com outro infectado, mas não fez exame). Os dados são do boletim municipal sobre o coronavírus, da Secretaria de Saúde de Vilhena.


Um dos pacientes que veio a óbito tinha 52 anos e era morador do bairro Tancredo Neves. Internado na última terça-feira (4) na Central de Atendimento à Covid-19, o paciente teve de ser transferido para a UTI na quinta-feira (6), sendo intubado no dia seguinte. Seu estado de saúde não apresentou melhorar e ele não resistiu à infecção, falecendo nesta segunda.


O outro óbito é de uma moradora de Cacoal, que estava internada na Central desde a quinta-feira (6). Transferida para a UTI no dia seguinte ela precisou ser intubada no sábado (8). Com quadro de saúde grave, ela veio a óbito nesta segunda, aos 51 anos.


Com as duas mortes registradas ontem, o município soma 34 óbitos por covid-19, sendo 28 mortes de vilhenenses e 6 óbitos de moradores de outras cidades.


Já o número de casos registrados chega ao total de 1.916 pessoas contaminadas pelo coronavírus, desde o primeiro diagnóstico há 127 dias (5 de abril). O município é o quarto do estado em número de casos confirmados da doença. Rondônia registrou até hoje 44,3 mil casos confirmados e 944 óbitos.


A secretaria municipal de Saúde ainda investiga 41 casos suspeitos de contaminação. Entre os contaminados, 456 casos ainda estão ativos, já 1.432 casos são considerados curados em Vilhena.

Até a noite de ontem, a Central de Atendimento da Covid-19 tinha 13 pacientes internados, sendo 3 na UTI - 2 amenos que no dia anterior. A taxa de ocupação de leitos de UTI da Central da Covid-19 é de 30%.

Por José Antonio Sant'Ana

Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS