Brasil tem 363 mil casos confirmados de covid-19 e 22 mil mortes

Rondônia totalizou 3.201 casos confirmados e 121 óbitos neste domingo. Vilhena não registrou novos casos.

Revista Imagem - 24/05/2020 20:25

O Ministério da Saúde divulgou hoje (24) boletim atualizado sobre os números da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem 363.211 casos confirmados da doença e 22.666 mortes foram registradas. Os casos recuperados somam 149.911.  Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 15.813 novos casos e 653 mortes. 

Entre a unidades da federação com o maior número de casos, o estado de São Paulo figura em primeiro lugar, com 82.161 casos confirmados e 6.163 óbitos. Rio de Janeiro aparece na segunda posição com 37.912 e 3.993 mortes. Em seguida estão Ceará (35.595 casos e 2.324 mortes) e Amazonas (29.867 casos e 1.758 mortes) . O painel da covid-19 do Governo do Estado revelou que Rondônia totalizou 3.201 casos confirmados e 121 óbitos neste domingo.


A Secretaria Municipal de Saúde de Vilhena informou que hoje não registrou nenhum caso confirmado de covid-19. Dessa forma, Vilhena continua, até as 19h30 de hoje com: 30 casos confirmados, 51 casos suspeitos e 207 descartados. Há atualmente 16 casos ativos em Vilhena, ou seja, que podem transmitir a doença, visto que 14 já estão curados.


O Governo do Estado divulgou um total de 31 casos confirmados para Vilhena, porém, o caso excedente é morador de Porto Velho há quase 10 anos e foi incluído como vilhenense por ter seu cartão do SUS ainda com endereço de Vilhena. A Secretaria Municipal de Saúde já entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde que irá corrigir o número amanhã, transferindo a contagem deste caso para Porto Velho e retirando-o do número de Vilhena.

Da redação com informações do Ministério da Saúde e Secretaria Municipal de Saúde de Vilhena.

Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS