Vilhena acompanha Estado em novo decreto flexibilizador sobre coronavírus

Após reunião do Comitê, prefeito ponderou abertura e restrições em novo decreto municipal.

Revista Imagem - Vilhena-RO | 08/03/2021 - 07:45


O Governo do Estado, conforme solicitações do prefeito Eduardo Japonês, de empresários e outros mandatários de Rondônia, publicou novo decreto neste sábado com flexibilizações relacionadas às normas restritivas da pandemia. Assim, após reunião do Comitê Gestor Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus às 17h deste sábado, que analisou o novo documento, o prefeito decidiu pela publicação de decreto municipal que acompanha as normas estaduais e iniciou trabalho para adicionar algumas restrições adicionais ao longo da semana.


“Estamos preocupados em salvar vidas e também em conseguir que a vida comece a voltar ao normal para todos. Assim, as flexibilizações do decreto estadual serão seguidas em Vilhena, que já lida há quase um ano com essa pandemia tão terrível. No entanto, ficou decidido hoje que trabalharemos na confecção de um decreto ou lei que multe pessoas individualmente por aglomerações clandestinas. Afinal, o mais importante é que as pessoas tenham consciência e se cuidem. A maior estratégia de saúde é a prevenção de cada um. O momento é de responsabilidade com a vida e, para não penalizarmos o comércio, as comemorações podem esperar em meio às milhares de mortes que já presenciamos no Estado”, explica o prefeito Eduardo Japonês.


Na reunião foi revelado que somente ontem 10 pessoas em Rondônia vieram a óbito sem conseguirem leitos e que a situação crítica em outros municípios força a transferência de pacientes para Vilhena, que tem recebido pedidos de vagas de Cacoal e cidades do Cone Sul, bem como demais municípios do Estado, apesar de a UTI covid-19 local já estar 100% ocupada.


Será buscada ainda a flexibilização do horário limite para circulação, estendendo-o até 22h. Mesmo assim, continuarão em vigor restrições municipais que são mais rígidas que as estaduais, como a proibição do uso/consumo comunitário e/ou compartilhado de erva mate, chimarrão/tereré e de aparelhos ou equipamentos para consumo de produtos fumígenos, conhecidos como “narguilé" ou qualquer aparelho similar, em espaços públicos, abertos ao público ou de uso coletivo, ainda que ao ar livre.


Também estarão presentes apenas no decreto municipal estão as exigências ao comércio local de fixação de barreiras físicas nas entradas, com informes visíveis sobre a quantidade máxima de pessoas que podem entrar, limpeza a cada duas horas, especialmente os corrimões de escadas e de acessos, maçanetas e trincos de portas, botões de elevadores, dentre outros, e a designação de funcionário para efetuar os cuidados com a higienização evitar a formação de aglomerações nos locais de acesso.


O decreto municipal deve ser publicado na íntegra nas primeiras horas desta segunda-feira. O decreto estadual, que entra em vigor neste dia 8 de março, pode ser lido no link: www.bit.ly/decretoestadual25859. O Governo do Estado produziu também um resumo do decreto, que pode ser acessado no link: www.bit.ly/resumodecreto25859.

Por Revista Imagem | Fonte Semcom PMV

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco