Ministério da Economia publica licitação para implantar TáxiGov.br em Porto Velho

Medida modernizará o transporte de 11 mil servidores da capital de Rondônia; economia prevista é de R$ 8,5 milhões ao ano.

Revista Imagem - 12/11/2020 08:18


O Ministério da Economia (ME) publicou, nesta quarta-feira (11), o Pregão Eletrônico n° 17/2020 para implantar o TáxiGov.br em Porto Velho e parte da Região Metropolitana. A medida irá modernizar o transporte administrativo de 11 mil servidores em 17 órgãos e entidades participantes do processo licitatório. Com a iniciativa, o Ministério espera uma economia de R$ 8,5 milhões ao ano. O modelo já é utilizado em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.


“A economia prevista equivale a 49,5% sobre o valor atualmente pago com o transporte de servidores nesses 17 órgãos públicos. O recurso gerado a partir da modernização da gestão pública poderá ser utilizado na melhoria do atendimento à população”, afirma o secretário de Gestão do ME, Cristiano Heckert.


Segundo o edital, as licitações permitirão a contratação de serviços de táxi, de transporte individual de passageiros ou a prestação de serviço de transporte por locação de veículos. Entre as exigências do contrato, que tem duração de 12 meses e pode ser renovado, está que os carros tenham quatro portas, ar-condicionado e monitoramento via aplicativo com GPS.


Entre os órgãos que serão atendidos em Rondônia estão a Assembleia Legislativa do Estado, a Justiça Federal, o Tribunal de Contas do Estado, o governo estadual, o Instituto Federal de Educação e o Ministério Público da União, entre outros.


A previsão é que sejam rodados cerca de 2 milhões de quilômetros por ano. O valor anual estimado da licitação é de R$ 8.709.091,00. Mais informações sobre o processo licitatório estão disponíveis no portal do ME.


Expansão


A licitação faz parte do projeto de expansão do TáxiGov.br para órgãos e entidades localizados nos estados. A expectativa é de que até o final do ano o modelo seja implantado também em Florianópolis (SC), Cuiabá (MT), Belo Horizonte (MG), Natal (RN), Porto Alegre (RS) e Salvador (BA).


O TáxiGov.br já está presente em 86 órgãos e entidades. Até o momento, a medida gerou uma economia de R$ 25 milhões, representando redução de mais de 65% dos gastos do governo com transporte. “Os resultados alcançados mostram que a expansão desse serviço reduzirá ainda mais os gastos com transporte de servidores, melhorando também a sua qualidade, com uma redução do tempo de espera em 22% na comparação com os modelos anteriores”, disse Heckert.


A adoção do TáxiGov.br também possibilitou a redução de 135 contratos e o leilão de 137 veículos, que deixaram de ser utilizados pelos órgãos da Administração Pública, cujas vendas resultaram na arrecadação de R$ 1,9 milhão.

Por Revista Imagem - Fonte Ministério da Economia

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco