top of page

Médico transtornado destrói carro da esposa e resiste a prisão em Porto Velho

Ele vai responder pelos crimes de tentativa de homicídio, direção perigosa, ameaça e dano, praticados contra a própria esposa, de 39 anos.
 

Revista Imagem - Vilhena-RO | 28/04/2021 - 07:58

Um médico de 45 anos foi preso na manhã desta terça-feira (27), pelos crimes de tentativa de homicídio, direção perigosa, ameaça e dano, praticados contra a própria esposa, de 39 anos. A prisão aconteceu na Avenida Rio Madeira, em Porto Velho.


De acordo com o boletim de ocorrência, o médico foi flagrado por dois policiais dirigindo, uma Hillux, em direção perigosa, perseguindo a esposa e tentando colidir contra o carro dela.


Em determinado momento, o médico conseguiu realizar uma manobra e atingiu o carro da mulher várias vezes. Ela chegou a jogar o veículo que estava, um Ford Ka, para o acostamento.


Os militares que passavam pelo local, deram ordem de parada para o homem, mas ele não obedeceu e chegou a chamar os policiais para brigar.


Mesmo com a ajuda de outras guarnições, os policiais tiveram muito trabalho para imobilizar o médico, que estava alterado e resistiu à prisão. Após alguns minutos de tentativa, ele foi algemado e colocado no camburão da viatura.


Questionado, o médico relatou que tudo se iniciou em sua residência, onde discutiu com esposa. Ele disse que foi agredido por ela.


Já a mulher afirmou aos policiais que o motivo da confusão foi porque ela queria sair de casa para colocar um contraceptivo “DIU”, mas o marido não aceitava e não quis deixá-la sair.


A vítima então saiu. O médico também saiu e a seguiu pelas ruas do bairro.


Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes, onde ficou à disposição da justiça.

 

Por Revista Imagem | Fonte Rondoniagora

Kommentare


Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
AnuncieAqui_edited.jpg
Expressa.jpg
AnuncieAqui_edited.jpg
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
bottom of page