Japonês mostra lista de obras previstas para a Educação em Vilhena

Projetos prontos e alguns apenas por inaugurar marcam o Plano de Governo do candidato à reeleição.

Revista Imagem - 03/11/2020 11:55


Longe de serem apenas ideias, as propostas de Eduardo Japonês para os próximos quatro anos têm base concreta: projetos prontos, obras em andamento e muitas já com recursos garantidos. Sem iludir os eleitores com promessas sem fundamento, Japonês revela a lista de obras que já estão previstas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) para construção de novas escolas, creches, ampliações, reformas e mais.


“Nosso Plano de Governo não é algo superficial. Foi estudado com os secretários municipais e colocamos aqui apenas o que dá pra fazer, apenas o que é certo que vai acontecer. Por isso, temos tranquilidade em falarmos de uma campanha da verdade, porque sabemos do que estamos falando, não é só achismo”, conta Eduardo Japonês.


MOISÉS DE FREITAS


Licitada pelo prefeito Eduardo Japonês em 2019, a obra da creche do bairro Moisés de Freitas chegou a ser lançada duas vezes por gestões anteriores: em setembro de 2017 e em abril de 2018. Depois de o Tribunal de Contas da União embargar o processo da gestão passada, Eduardo começou tudo do zero, realizando em 2019 nova solicitação de despesa, a tomada de preços em maio e assinatura do contrato com a Construvil em julho do mesmo ano. De lá pra cá, com Japonês, a obra andou bem e foi concluída em 2020. Agora, aguardando apenas a ligação de energia, o prédio está finalizado.


OBRAS PLANEJADAS


Já estão cadastrados projetos no Governo Federal, aguardando apenas liberação de recursos: quadra escolares cobertas com vestiário em 14 unidades escolares, creches em três bairros (Alto dos Parecis, Alphaville e Jardim das Oliveiras), bem como outras quatro unidades escolares nos bairros Barão do Melgaço, Jardim Social, Embratel e Setor 06.


Além disso, a Prefeitura já tem prontos os projetos de ampliação para construir cinco salas de aula e banheiros nas escolas Bianca e Leonardo, Felipe Rocha, Luiz Eduardo Rover, Nina Paul, Noeme Barros e Mário Grasso. Pela Semed foram feitos ainda projetos para reformas das escolas Santa Luzia, Hermógenes, Almirante Tamandaré, Ivete Brustolin, Castelo Branco, Marizete Mendes e Gorete Domingos.


“Reformamos várias escolas em nossa gestão, além de termos licitado e concluído a obra de uma creche. Tivemos um mandato curto, que veio após a greve dos caminhoneiros, seguido por contingenciamentos federais, uma pandemia e um período eleitoral. Tudo isso limita a ação do poder público, mas, mesmo assim, avançamos muito, mostrando que eficiência e trabalho sério sempre superam a politicagem, o nepotismo e os ‘tapinhas nas costas’”, completa Japonês.

Fonte Assessoria

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco