Governo Federal economiza R$ 14,2 bi aos cofres públicos com auditorias

Trabalho conjunto permitiu que fossem evitados gastos de R$ 13,38 bilhões e recuperados mais de R$ 811 milhões em 2019

Revista Imagem - Publicado em 14/07/2020 10:33

BRASÍLIA - O Governo Federal conseguiu, durante o exercício de 2019, gerar uma economia efetiva de R$ 14,2 bilhões ao erário. O resultado decorre da implementação, pelos gestores públicos, das orientações e recomendações emitidas pelo Sistema de Controle Interno (SCI), formado pela Controladoria-Geral da União (CGU) e demais Unidades de Auditoria Interna atuantes no Poder Executivo Federal.

O trabalho conjunto permitiu que fossem evitados gastos de R$ 13,38 bilhões e recuperados mais de R$ 811 milhões. Os valores incluem arrecadação de multa legal; cancelamento de licitação/contrato com objeto desnecessário, inconsistente ou inadequado tecnicamente; eliminação de desperdícios ou redução de custos administrativos; suspensão e recuperação de valores pagos indevidamente; dentre outros.

O SCI também gera benefícios que, embora não sejam passíveis de representação monetária, demonstram impacto positivo na gestão pública de forma estruturante. Ao longo de 2019, foram registradas 4.879 melhorias de repercussão estratégica e operacional, com destaque para 65 medidas de aperfeiçoamento dos processos finalísticos em unidades auditadas e que tiveram repercussão transversal.

O registro e a contabilização de benefícios financeiros e não-financeiros no SCI são regidos pela sistemática estabelecida na Instrução Normativa CGU nº 10/2020, que está em consonância com o Referencial Técnico da Atividade de Auditoria Interna Governamental do Poder Executivo Federal (IN CGU nº 3/2017).

Por Revista Imagem | Fonte: CGU - Foto: Arquivo


Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS