Governo de Rondônia abre 62 vagas para bombeiros civis voluntários

Podem participar do processo seletivo pessoas físicas com idade entre 18 e 59 anos com Curso de Formação de Bombeiro Civil.

Revista Imagem - Vilhena-RO |20/07/2021 - 09:14


Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) abre, nesta terça-feira (20) um total de 62 vagas para bombeiros civis voluntários para atuarem no combate aos incêndios florestais em todo o Estado. Os interessados devem acessar o Edital nº 27/2021 que contém as informações necessárias relacionadas ao processo seletivo.


PRÉ-REQUISITOS


Podem participar do processo seletivo candidatos com idade entre 18 e 59 anos com Curso de Formação de Bombeiro Civil, emitido por instituição reconhecida pelo Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia (CBMRO). Os selecionados vão atuar como brigadista voluntário de combate a incêndio florestal pelo período de seis meses, sem a geração de vínculo funcional ou qualquer obrigação de natureza trabalhista, previdenciária ou afim, por parte do Estado. O prestador de serviço voluntário poderá ser ressarcido pelas despesas com transportes e alimentação no valor de R$ 50 por dia trabalhado, de acordo com apresentação de relatório diário.


INSCRIÇÃO


A inscrição deverá ser realizada, de forma gratuita, por meio do Portal de Processos Seletivos do Governo do Estado no período de 20 a 25 de julho. Foram ofertadas um total de 62 vagas e mais a mesma quantidade para formação do cadastro de reserva nos municípios de Vilhena, Cerejeiras, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste, Rolim de Moura, Cacoal, Ji-Paraná, Ouro Preto do Oeste, Jaru, Machadinho d’Oeste, Buritis, Ariquemes e Porto Velho. A seleção será por meio de análise de currículo.


ATIVIDADES


Os bombeiros civis voluntários selecionados vão executar atividades relacionadas ao manejo integrado do fogo, tais como: prevenção, uso do fogo, monitoramento, preparação e combate aos incêndios florestais. Devem utilizar adequadamente os equipamentos de proteção individual (EPIs) e cumprir todas as normas de segurança; cumprir a jornada de trabalho e as normas estabelecidas pelo Prevfogo/Ibama, bem como atender às convocações emergenciais. E ainda respeitar a hierarquia de comando do Prevfogo/Ibama, principalmente para execução das atividades relacionadas e designadas pelo chefe de Esquadrão. Atuar em ações de conscientização, orientação e educação ambiental relacionadas às queimadas e incêndios florestais, para o público em geral e, em especial, às comunidades atendidas pelo Programa Brigadas Federais.


Devem realizar também, atividades de coleta de sementes, produção de mudas, recuperação de áreas degradadas e de alternativas ao uso do fogo na agropecuária; executar tarefas de abertura, construção e manutenção de aceiros, estradas, caminhos e outras atividades que facilitem as ações de deslocamento da brigada, a contenção e extinção de incêndios florestais.


Vão atuar ainda em atividades de vigilância e monitoramento, comunicando de imediato a detecção de incêndios florestais, no combate aos incêndios florestais cumprindo as técnicas e procedimentos de segurança. E ainda atender às convocações do Prevfogo/Ibama para atividades fora da sua área de lotação, além de realizar outras atividades relacionadas ao tema incêndios florestais, apoiando as atividades socioambientais, científicas e finalísticas do Ibama.

Por Revista Imagem | Texto: Andréia Fortini

Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS