Entidades recebem mais de 22 mil metros cúbicos de madeira apreendida em RO

As apreensões foram feitas sob o comando da Coordenadoria de Proteção Ambiental.

Revista Imagem - Vilhena-RO | 22/03/2021 - 18:05

Só no ano passado, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) apreendeu em diversos locais, 22,52 mil metros cúbicos de madeira bruta ou serrada. As apreensões foram feitas sob o comando da Coordenadoria de Proteção Ambiental (Copam), com abordagens policiais a caminhoneiros, cujo documento de origem florestal (DOF). A carga apreendida é levada aos depósitos estaduais.

No primeiro trimestre deste ano, de 1º de janeiro até a primeira quinzena de março, a Copam, apoiada pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), já apreendeu 380,9 m³ de madeira. A fiscalização autuou empresas e transportadores com cargas irregulares na Linha 11 do Projeto de Assentamento Joana Darc, no município de Porto Velho; em empresas madeireiras de Candeias do Jamari e Ji-Paraná; no distrito de Vila Nova Samuel na linha 30, Km 6, município de Candeias do Jamari; Linha 1 do distrito de Vista Alegre do Abunã, município de Porto Velho ; nas imediações da BR-364, sentido Ariquemes e em empresas do bairro Eletronorte, na Capital.

Em 2020, os principais beneficiados com doações feitas pelo Estado foram: Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transporte (DER), Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), Polícia Militar, Instituto Candelária (de crianças, jovens e idosos), Secretaria Municipal de Obras Públicas de Machadinho d’Oeste, Centro de Pesquisas Museu Arqueológico de Rondônia, Cooperativa de Crédito Rural e Centro de Atendimento Socioeducativo, ambos em Ji-Paraná.

Por Revista Imagem | Texto: Montezuma Cruz

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco