Detran retoma exames práticos de direção veicular em Rondônia

O curso técnico-teórico na modalidade presencial leva em conta a fase do distanciamento social de cada município

Revista Imagem - Publicado em 11/08/2020 14:58

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Rondônia retomou os exames práticos de direção veicular no dia 20 de julho e as aulas técnico-teóricas na modalidade de ensino remoto, para que os Centros de Formação de Condutores (CFCs) voltassem a trabalhar em todo o Estado, respeitando os critérios por fase de cada município, conforme o Decreto n° 24.887, de 20 de março de 2020, que declara Estado de Calamidade Pública em virtude da pandemia da Covid-19.

O diretor geral do Detran Rondônia, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, explicou que após a deliberação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o Departamento começou a trabalhar no desenvolvimento do portal de educação, que ficou pronto em pouco tempo e já foi disponibilizado aos CFCs no dia 14 de maio. “E agora voltamos também com as aulas práticas de direção veicular”, afirmou o diretor, destacando que todos os cuidados que recomendam os órgãos de saúde estão sendo tomados para evitar a proliferação do coronavírus.

O curso técnico-teórico na modalidade de ensino remoto, pode ter até 25 alunos por aula on-line, já a aula presencial leva em conta a fase do distanciamento social de cada município, para a cidade que estiver na fase 2, só é permitido quatro alunos por turma, cinco incluindo o instrutor. O município que estiver na fase 3 de distanciamento social pode formar turma com nove candidatos, mais o instrutor, totalizando dez pessoas por sala de aula.


O controlador regional de trânsito do Detran Rondônia, Francisco Carlos da Silva Nascimento, disse que foram tomadas todas as medidas para garantir a proteção dos candidatos, bem como dos profissionais da autarquia e dos CFCs, durante a realização dos exames práticos de direção veicular, além das medidas de higienização do veículo e das pessoas envolvidas no trabalho. O Detran adotou o agendamento por horário dos CFCs, para evitar aglomerações de pessoas no local da prova.

“O tempo disponibilizado para cada CFC leva em consideração o número de candidato que cada empresa tem inscrito para fazer o exame, o candidato mantém uma certa distância do local da realização da prova e se aproximam conforme vai sendo chamado”, explicou o controlador regional.

Por Eleni Caetano


Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco