Covid-29: Prefeitura publica novas regras de segurança em Saúde; veja mudanças

Medidas pretendem frear a onda de novos casos na cidade. Nesta segunda, Vilhena bateu recorde diário de novos casos.

Por Revista Imagem - 05/01/2021 14:55


A Prefeitura de Vilhena publicou em seu Diário Oficial na tarde desta terça-feira (5) as novas medidas de contenção à pandemia no município, decididas após reuniões do Comitê Gestor Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus e também audiências virtuais com o Ministério Público, prefeitos e secretários de Saúde de toda a região.


Entre as mudanças está a restrição de circulação às pessoas em geral, por áreas de lazer e convivência pública ou privada, inclusive em condomínios e residenciais, com o objetivo de realizar atividades sem relevância pública que envolvam aglomerações de mais de 16 pessoas. Além disso, a circulação nas vias, equipamentos e espaços públicos está restrita entre 23h e 5h, conforme já estipula decreto estadual sobre o tema.


Todos os estabelecimentos autorizados a funcionar também deverão controlar a quantidade de clientes em suas empresas por meio de senhas, bem como informar a capacidade máxima permitida.


Fica vedado também o funcionamento de casas de show, boates, balneários, clubes recreativos, de pesca e pesqueiros, quadras, campos esportivos e congêneres. Da mesma maneira fica restrito o funcionamento de praças de alimentação que estejam em shopping centers, galerias, lanchonetes, cafeterias, padarias, pizzarias, pastelarias, tabacarias, bares e lojas de conveniência e similares, que deverão funcionar apenas com delivery ou retirada, sem consumo no local.


Passa a vigora também limitação de apresentações musicais e artísticas, sendo vedada a execução de música eletrônica, ao vivo ou dançante. Já as academias de ginásticas poderão funcionar com atendimento agendado, individualizado e exclusivo, podendo participar dos treinos até três pessoas por horário e ambiente, desde que sejam do mesmo núcleo familiar e coabitem.


Os estabelecimentos que processam alimentos, tais como restaurantes, churrascarias e congêneres, poderão funcionar com consumo no local, mas deverão interditar suas brinquedotecas e deverão seguir diversas normas estipuladas no artigo XX.


Por sua vez, os estabelecimentos e atividades que necessitem de itens de utilização comuns entre os usuários, tais como em centros de estética e salões de cabeleireiros, barbearias, manicures e pedicures, táxis, transporte por aplicativos, academias, dentre outros, deverão obrigatoriamente higienizar não apenas os instrumentos mas também os ambientes após o uso.


As feiras livres continuam funcionando, porém os produtos comercializados não poderão ser consumidos no local, devendo a Secretaria responsável interditar as praças de alimentação e espaços destinados a tal finalidade.


Ao mesmo tempo, serviços de eventos e afins poderão funcionar na modalidade drive in.


Consulte o decreto na íntegra publicado hoje .

Por Revista Imagem - Fonte: Semcom PMV

Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS