Covid-19: Venda e consumo de bebidas alcoólicas tem restrições em Rondônia

Decreto ficará em vigor por 10 dias, entre 17 a 26 de janeiro, e atinge 29 municípios do estado que também terão toque de recolher.

Revista Imagem - 17/01/2021 10:25


Entra em vigor neste domingo (17) o decreto que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em Rondônia. Das 52 cidades do estado, 29 se encaixam nas fases 1 e 2 do decreto de distanciamento social, são elas as que devem cumprir essa norma.


O decreto ficará em vigor por 10 dias, entre 17 a 26 de janeiro. Segundo o documento, durante esse período fica proibida a venda de bebidas alcoólicas, em sistema delivery, de retirada, compra direta ou qualquer outro meio entre às 18h e 6h.

E ainda, fica proibido o consumo de bebidas alcoólicas, em qualquer horário, em restaurantes, lanchonetes, padarias, supermercados, distribuidoras ou quaisquer outros estabelecimentos que vendam esse produto.

A decisão foi tomada pelo governo estadual devido a tendência de alta no número de casos confirmados de Covid-19 nas últimas semanas. A nova regra foi publicada na edição do sábado (16) do Diário Oficial.

Toque de recolher

Conforme o decreto, fica estabelecida a restrição da circulação em espaços e vias públicas, em todos os municípios enquadrados nas fases 1 e 2, entre as 20h e 6h. Sendo liberados para circulação APENAS pessoas envolvidas em:

  • transporte de cargas e produtos essenciais à vida, como alimentos e medicamentos e insumos médico-hospitalares;

  • serviços de entrega, exclusivamente de produtos farmacológicos, medicamentos e insumos médico-hospitalares;

  • para prestar assistência ou cuidado a doentes, idosos, crianças ou pessoas com deficiência ou necessidades especiais;

  • o deslocamento dos profissionais de imprensa; e

  • o deslocamento às unidades de saúde, para atendimento emergencial.

Aqueles que eventualmente precisem sair de casa entre às 20h e 6h são obrigados a apresentar uma declaração, que pode ser feita de próprio punho com a justificativa da saída, impressa ou gerada eletronicamente e salva no celular. O modelo de declaração está disponível no site da Sefin.

Por Revista Imagem - Fonte: G1

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco