Contra a dengue Prefeitura de Vilhena organiza força-tarefa

Visita de agentes, pit stop e atividades escolares para alunos da rede municipal são algumas das atividades realizadas.

Revista Imagem - 30/11/2020 09:02


Com o início do período chuvoso, a proliferação do mosquito Aedes Aegypti aumenta rapidamente. Por isso, o Setor de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e as escolas municipais estão intensificando atividades para conscientizar a população sobre a limpeza de seus quintais no combate à dengue. Diversas ações estão sendo realizadas para controlar o número de casos na cidade.


Os servidores da Endemias já fez aplicação de inseticida em mais de 30 bairros da cidade no período da seca e ações educativas. O trabalho foi intensificado após aumento de casos em relação a 2019, quando foram registrados apenas 11 casos. Porém, até o mês de novembro deste ano, Vilhena registrou 874 casos de dengue, dez casos de chikungunya e 22 de zika, que são doenças causadas pelo mesmo mosquito.


Para o técnico em Saúde Pública, Paulo Cremasco, responsável pelo setor, a ajuda de toda sociedade é extrema importância para o combate. “Agora é hora de nos cuidarmos, hora de começarmos novamente a se atentar, pois as chuvas estão chegando e precisamos eliminar os depósitos de água que estão nos quintais. O trabalho de conscientização está sendo realizado em cinco pontos distintos, ao mesmo tempo, para atingirmos o maior número de pessoas. Essa semana, inclusive, as escolas de Vilhena estão mandando para os alunos tarefas relacionadas ao tema para que as crianças levem essa mensagem para suas casas”, explica Paulo.


A equipe da Escola Hermógenes e o vice-diretor Luciano Camargo estão apoiando a campanha. “Nós estamos muito felizes com essa campanha que está acontecendo contra a dengue e também contra o caramujo africano. Inclusive, a gente já estava trabalhando este tema com as atividades não presenciais. Nossa equipe abraçou a causa, é uma equipe muito fortalecida dentro da escola e nós não podíamos deixar de contribuir com a população além dos portões da escola”, explica Luciano.

Por Revista Imagem - Fonte Semcom Vilhena

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco