top of page

Começa restauração do Museu Casa de Rondon em Vilhena

Construtora Ok, de Vilhena, já iniciou trabalhos no local, que será administrado pela Prefeitura após conclusão da obra

 

Revista Imagem - 07/07/2020 15:10


VILHENA - Após décadas de ansiedade, pedidos da comunidade vilhenense e pelo menos dois anos de trabalho intenso da Prefeitura junto às esferas estaduais e federais, a restauração e adequação do Museu Casa de Rondon começou. Licitada pelo Governo do Estado com recursos do Ministério do Turismo, a obra é o primeiro investimento significativo que a Casa recebeu em seus mais de 100 anos de existência. No museu já há máquinas trabalhando na obra que envolve três ações no local: restauração do pátio, construção de um bloco administrativo e restauração do próprio museu.


De acordo com a empresa vencedora da licitação, a Construtora Ok, nesta semana estão sendo feitos os gabaritos da obra, limpeza do terreno, montagem de andaimes, terraplanagem e outros preparativos para edificação do pavimento e dos blocos previstos, bem como restauro da parte interna da casa.


“Estamos acompanhando de perto para garantir que esta parte importantíssima da história vilhenense seja resgatada e preservada. Ainda em 2016 eu sabia que poderíamos resolver esse impasse e, graças à dedicação de nossa equipe comprometida com o tema, após longos processos burocráticos, conquistamos a confiança da Aeronáutica, do Iphan, do Governo Federal, do Governo Estadual e dos vilhenenses para ver essa obra acontecer. Estamos em festa pela Cultura e História de Vilhena”, comenta o prefeito Eduardo Japonês.


Marcondes Cerrutti, secretário municipal de Turismo, Indústria e Comércio, explica que a articulação em Brasília e Porto Velho foi trabalhosa, mas valeu a pena. “Ligávamos quase diariamente para os responsáveis para tratar de documentos, liberações, remessas de cópias, explicações e justificativas. É uma vitória estarmos vendo as máquinas trabalhar”, comemora.


A administração do espaço será da Fundação Cultural de Vilhena, que fará o local se tornar um museu aberto à visitação com exposições temporárias e permanentes sobre Marechal Rondon, a história de Vilhena e de Rondônia, bem como dos indígenas que marcam o nascimento do município. “Essa área de convivência que o projeto prevê também permitirá que seja um local de visitação costumeiro das famílias e daqueles que há tantos anos estavam ansiosos para vir até a Casa de Rondon. Pretendemos, após a pandemia, realizar muitos eventos, mostras culturais, apresentações artísticas e fazer com que este ‘nascedouro’ do município seja irradiador da história local, estadual e até nacional”, revela Kátia Valléria, presidente da Fundação.


A previsão para conclusão da obra é de 180 dias. No pátio, a obra envolve pavimentação de 2 mil metros quadrados, subestação de energia, equipamentos de acessibilidade, alambrado de proteção, bicicletário, portão de acesso, estacionamento para carros e motos, painel de identificação na fachada, aplicação de grama em quase 300 metros quadrados, plantio de pelo menos 20 árvores nativas, implantação de oito bancos de concreto e diversas lixeiras, bem como recuperação dos mastros metálicos para bandeiras. Na entrada está prevista ainda uma foto ampliada de Cândido Rondon de modo a eternizar a célebre frase dita por Marechal Rondon: “Morrer se preciso for; matar nunca”.


O bloco administrativo terá área construída de 72 m² e vai conter seis banheiros, uma sala administrativa, cozinha e lanchonete. No prédio histórico as partes de madeira terão tratamento com cupinicida e haverá recuperação da cobertura, das esquadrias, dos pisos, revestimento, pinturas e forros, bem como refeitas as instalações elétricas, garantindo o pleno funcionamento da edificação. A execução será acompanhada pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), com o objetivo de garantir o máximo de preservação do prédio e manutenção da arquitetura original, a partir dos elementos ainda existentes.

Veja imagens do projeto arquitetônico aqui

 

Por Revista Imagem | Texto: Herbert Weil - Foto: Assessoria


Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
AnuncieAqui_edited.jpg
Expressa.jpg
AnuncieAqui_edited.jpg
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS