Com atuação do NAJ, MP obtém duas condenações no Tribunal do Júri em Vilhena

O Ministério da Agricultura prevê máximas para as produções de milho, café, algodão e trigo.
 

Revista Imagem - Vilhena-RO | 13/07/2021 - 13:48


O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Vilhena e do Núcleo de Apoio ao Júri (NAJ), obteve nesta terça-feira (12), no Tribunal do Júri, a condenação de dois integrantes de uma facção, por terem cometido homicídio qualificado por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima Marcelo Lucas Peroni.


O fato tem ligação com outras três mortes ocorridas em Cacoal, onde o NAJ atuou no júri em um desses homicídios e juntamente com a Promotoria de Cacoal obteve a condenação de três réus em novembro de 2021.


Os jurados acolheram integralmente as alegações do MP e os réus foram condenados às penas de 18 anos e 8 meses, e 19 anos e 8 meses de reclusão.


O Núcleo de Apoio ao Júri (NAJ) foi criado em 2021 pela PGJ, com a função de auxiliar os Promotores de Justiça que desempenham suas funções no Tribunal do Júri, nos casos de maior complexidade ou de grande repercussão, mediante procedimentos operacionais a serem estabelecidos por seus membros integrantes.

 

Por Revista Imagem | Fonte: MPRO

Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
AnuncieAqui_edited.jpg
Expressa.jpg
AnuncieAqui_edited.jpg
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS