Beneficiários de programas sociais têm direito a passe livre em Vilhena

Secretaria Municipal de Assistência Social explica critérios para entrega dos tíquetes para transporte coletivo.
 

Revista Imagem - Vilhena-RO | 01/06/2021 - 09:31

Vilhenenses que estejam cadastrados em algum dos programas sociais de Assistência Social gerenciados pela Prefeitura de Vilhena poderão ter acesso ao Passe Livre para o transporte público coletivo na cidade. A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) recebe os interessados e faz a análise da documentação exigida pelo decreto que regulamenta a concessão dos tíquetes.

Terão direito aos passes os beneficiários do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), residentes em Vilhena, inscritos no Cadastro Único e com renda per capita de até 1/4 do salário mínimo, limitado a até 32 passes livres por mês. Acompanhantes de pessoas com dificuldades de locomoção, com documento comprobatório, e acompanhantes de idosos com 75 anos ou mais, também têm direito a 8 passes por mês.

É necessário apresentar cópias de documento pessoal com foto, CPF, folha Resumo da inscrição no CadÚnico (atualizada há pelo menos 6 meses) e comprovante de endereço em Vilhena emitido nos últimos 3 meses. Já para acompanhantes de pessoas com dificuldade de locomoção são necessários documentos pessoais do inscrito no CadÚnico, documentos pessoais do acompanhante e comprovação da mobilidade reduzida, sendo dispensada tal comprovação para pessoas com 75 anos ou mais.


Os beneficiários deverão procurar um dos três pontos de retirada, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h: (1) Centro de Referência de Assistência Social (Cras), localizado na rua Rio Grande do Norte, 1950, no Setor 19, (2) Semas, na esquina da avenida Juracy Corrêa Muller com a avenida Brigadeiro Eduardo Gomes ou (3) CCI (Centro de Convivência do Idoso), para os que tiverem 60 anos ou mais, na avenida Benno Luiz Graebin, n° 748, no Jardim América.

A rota de quase 17 km percorrida pelo ônibus que beneficia os usuários da Assistência Social está disponível no link: www.bit.ly/rotatranspaim1. O trajeto envolve trechos da avenida Paraná, Brasil, Brigadeiro Eduardo Gomes, Sabino Bezerra de Queiroz, Major Amarante, José do Patrocínio, Marechal Rondon, Melvin Jones, Tancredo Neves e Perimetral, entre outras ruas.

O ônibus começa o trajeto às 7h, saindo da Cohab, com previsão de chegada às 7h30 no Centro e às 8h no residencial Maria Moura, último ponto da rota, quando o veículo inicia seu retorno ao ponto de partida, chegando na Cohab novamente às 9h. Já às 9h30 o ônibus está no Centro novamente e às 10h no Maria Moura. O trajeto é feito mais uma vez, com previsão de saída às 10h20 do Maria Moura, chegando às 10h50 no Centro e 11h20 na Cohab, para encerrar a rota do dia. São ao todo 30 pontos de parada, conforme a lista em anexo, alcançando quase 10 bairros. A empresa Transpaim, responsável pelo transporte, pode sanar dúvidas sobre o itinerário através do telefone 98148-9388.

O benefício foi criado pela Prefeitura de Vilhena como sugestão da empresa de transporte e apoia pessoas em vulnerabilidade social que precisam se deslocar até o Hospital Regional, unidades da assistência social, postos de saúde, Prefeitura e demais órgãos públicos na rota do ônibus.

 

Por Revista Imagem | Fonte: Semcom PMV

Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
AnuncieAqui_edited.jpg
Expressa.jpg
AnuncieAqui_edited.jpg
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS