Aprovação de Bolsonaro mantém alta e chega a 30%, apesar da crise no governo

Avaliações negativas seguem majoritárias, mas governo de Jair Bolsonaro segue tendência de popularidade crescente diante da pandemia

Revista Imagem - Publicado em 21/07/2020 10:28


SÃO PAULO - O eleitor brasileiro não mudou radicalmente a convicção política das eleições presidenciais de 2018, mesmo após as polêmicas envolvendo o caso Queiroz . O governo de Jair Bolsonaro (sem partido) manteve a tendência de alta em relação à aprovação popular no mês de julho, de acordo com dados da XP/Ipespe divulgados nesta segunda-feira (20). Apesar disso, as avaliações negativas seguem majoritárias.


A avaliação do governo é ótima ou boa para 30% dos entrevistados. A taxa oscilou de forma positiva em dois pontos percentuais em relação à mesma pesquisa realizada em junho. A margem de erro da pesquisa é de 3,2 pontos.


Apenas em maio o governo Bolsonaro foi reprovado pela maioria dos eleitores, quando 25% dos entrevistados responderam que o governo era bom ou ótimo. Já em 20 de junho, o número oscilou para 28%, dentro da margem de erro da pesquisa.


Em 18 de maio, 50% das pessoas entrevistadas consideraram o governo de Bolsonaro como ruim ou péssimo. O dado oscilou negativamente para 48% em 20 de junho e chegou a 45% no levantamento desta segunda (21).



A expectativa é que a popularidade do mandato de Jair Bolsonaro continue em alta. O percentual de quem acredita que o presidente, que no momento está se recuperando do novo coronavírus, faça um ótimo ou bom governo subiu de 29% para 33%. Os que acreditam que a continuidade do mandato seja ruim ou péssima passaram de 46% para 43%.


Realizada entre 13 e 15 de julho, a pesquisa ouviu mil pessoas de todo o país.

Por Revista Imagem | Texto: IG - Foto: Arquivo


Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS