Ampliação e readequação do sistema de abastecimento de água avança em Vilhena


Revista Imagem - Vilhena-RO | 18/03/2021 - 09:54


A execução da primeira etapa da obra de ampliação e readequação do sistema de abastecimento de água segue avançando no município de Vilhena. Já foram realizados os trabalhos preliminares, limpeza dos canteiros e locação das estruturas.


Já nesta última segunda-feira, 15 de março, as empresas do consórcio APJ-ACIMA Engenharia, contratado pelo Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (Saae), iniciaram os serviços de readequação da rede de água no bairro Barão do Melgaço II e seguirão os trabalhos para os bairros Barão do Melgaço I, Altos do Parecis e União.


Durante a vistoria, a engenheira civil e diretora do departamento de Planejamento e Projetos do Saae, Mariane da Rosa, explicou que a obra irá setorizar a rede de distribuição de água da cidade, melhorando a qualidade do serviço de abastecimento fornecido à população.


"Atualmente, quando a equipe do Saae precisa realizar alguma manutenção na rede de abastecimento, é feito o desligamento do poço, podendo comprometer o fornecimento de água em mais de um bairro. Com essa setorização, ao executar esses serviços, apenas uma pequena região será afetada”, esclareceu Mariane.


Conforme o projeto de execução, devido à grande extensão territorial da cidade, a primeira etapa da obra irá contemplar as zonas de abastecimento (ZA) 01 e 03. Cada zona contará com um Centro de Reservação (CR), um localizado no setor 20 (ZA1), com volume de 1,5 mil metros cúbicos, e outro no setor Pioneiro (ZA3), com volume de 2 mil metros cúbicos. Ao todo, as duas instalações terão 135 quilômetros de rede para distribuição de água.


De acordo com Mariane, a obra também visa interligar poços que irão unificar a rede de abastecimento da cidade, direcionando a água aos CRs. A ação evitará que as bombas dos poços fiquem ligadas de forma ininterrupta, gerando economia significativa para a autarquia.


O diretor geral do Saae, Maciel Wobeto, lembra que a execução desses serviços podem gerar possíveis transtornos, como a interrupção temporária do fornecimento de água durante a obra. Por isso os moradores que não possuem uma caixa d’água devem providenciar a instalação de um reservatório em suas residências


As obras de Ampliação e Readequação do Sistema de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário em Vilhena estão avaliadas em quase R$ 100 milhões e são realizadas com recursos federais, bem como contrapartida do município de quase R$ 4,2 milhões .

Por Revista Imagem | Fonte Semcom PMV

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco