Ambulatório Covid-19 realiza mais de 3,6 mil atendimentos em 17 dias

Em meio à segunda e pior onda da covid-19, atendimento da Prefeitura a sintomáticos ajuda no combate à pandemia em Vilhena.

Revista Imagem - Vilhena-RO | 28/01/2021 - 15:25


Revezando em escalas no Ambulatório Covid-19, os profissionais de Saúde da Atenção Básica da Prefeitura de Vilhena têm feito um importante trabalho no atendimento de pacientes com sintomas de covid-19, suspeitos ou confirmados, todos os dias, inclusive feriados e fins de semana. Desde que o espaço abriu foi observada redução de 23% na média móvel de 7 dias da quantidade de pacientes sintomáticos atendidos no local, saindo de 240 por dia para 185 nesta quarta-feira.


Na luta incessante para atender a todos que estão com suspeita ou confirmação para covid-19, o Ambulatório abriu suas portas no dia 11 de janeiro com diversos profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e agentes comunitários de saúde. Logo no primeiro dia foram 334 atendimentos.


“Desde então estamos observando uma queda lenta e gradual todos os dias na média de atendimentos. É um indicador que pode revelar a quantidade potencial de novos casos confirmados na cidade, além de mostrar que a contaminação parece estar reduzindo devagar. Se em duas semanas reduzimos 23%, significa que precisamos de ainda algumas semanas de cuidados importantes para que a quantidade de contaminados volte aos patamares de novembro, quando a pandemia na cidade chegou a seu menor número de contaminados desde maio de 2020”, explica o prefeito Eduardo Japonês.


De acordo com o coordenador da unidade ambulatorial, João de Castro, o espaço tem também uma ambulância com motorista e enfermeiro a postos para eventuais necessidades de internações. “Já encaminhamos dezenas de pacientes diretamente da consulta para a Central de Atendimento à Covid-19, para internação. Isso também permite que o tratamento e os cuidados médicos especializados sejam feitos de maneira imediata para que haja a maior chance possível de recuperação do paciente”, explica João.


Do dia 11 de janeiro até a noite desta quarta-feira, o Ambulatório já tinha realizado 3.661 atendimentos a pacientes com sintomas do novo coronavírus, suspeitos ou confirmados. Neste mesmo período foram identificados em Vilhena 1.520 casos confirmados de covid-19 e atualmente há 104 casos suspeitos.


O Ambulatório Covid-19 fica localizado na esquina da avenida Nadir Ereno Graebin com a rua Genival Nunes, ao lado do CEV (Centro de Especialidades Vilhenense). O atendimento é realizado todos os dias, inclusive fins de semana e feriados, das 7h às 19h.

Por Revista Imagem | Fonte: Semcom PMV

Russi 1

Brandão 3

Expressa 3

Recco 1

CNA 1

Souza 1

Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

© Copyright 2020 

Gráfica e Editora Expressa Ltda.

  • Ícone do Facebook Branco