Adolescente é estuprada em carro de motorista por aplicativo na capital

Vítima de 17 anos disse que foi surpreendida por um homem armado, que estava dentro do veículo com o motorista

Revista Imagem - Da Redação - 15/06/2020 08:43

Uma adolescente de 17 anos foi estuprada na noite de domingo (14), após solicitar uma corrida por aplicativo na Zona Leste de Porto Velho.


A vítima contou para os policiais que estava em uma clínica de bronzeamento e pediu para outra cliente solicitar uma corrida para ela.

Ao entrar no carro, a adolescente disse que foi surpreendida por um homem armado, que estava dentro do veículo.

Com a vítima rendida, os criminosos levaram a adolescente para um local distante da cidade. No local, a vítima relatou que foi estuprada pelo comparsa do motorista, que assistiu tudo enquanto fumava maconha e ingeria bebida alcoólica.

Após cometer o crime, a dupla abandonou a adolescente na Zona Leste e fugiu. A Polícia Militar foi acionada, mas não localizou os criminosos.


O crime


O crime de Estupro (art. 213 do código penal) consiste em constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso” tem por principal elemento a prática da violência e da grave ameaça mesmo que não haja a conjunção carnal, bastando, apenas, o constrangimento a sua prática ou qualquer outro ato libidinoso com pena de reclusão de 6 a 10 anos. Caso essa conduta resulte lesão corporal grave ou gravíssima ou a vítima for menor de 18 ou maior de 14 anos a pena será de reclusão de 8 a 12 anos. E, se resultar morte a pena será de reclusão de 12 a 30 anos.

Fonte Rondoniagora


Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS