75% dos jovens entre 12 e 29 anos em Vilhena já tomaram a 1ª dose contra covid-19

Vacinas estão disponíveis para todos os públicos com 12 anos ou mais de segunda a sexta-feira.
 

Revista Imagem - Vilhena-RO | 28/10/2021 - 11:18


Dados do Ministério da Saúde comparados com os dados demográficos do IBGE apontam que em Vilhena cerca de 25% dos jovens entre 12 e 29 anos ainda não receberam nenhuma vacina contra a covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde informa que para esse público a vacinação de primeira dose acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, em todos os postos de saúde do município.


Segundo estimativa do IBGE, há cerca de 18 mil pessoas com idade entre 20 e 29 anos na cidade. O Ministério da Saúde aponta que nesta faixa etária foram aplicadas 13,5 mil vacinas, uma taxa de cobertura de 75%. Já entre os jovens de 12 a 19 anos o IBGE aponta que há cerca de 12,8 mil pessoas, sendo que foram aplicadas 9,5 mil vacinas de primeira dose, o que resulta em cobertura de 74,2%. A média entre os dois públicos resulta em cobertura de aproximadamente 74,6%, faltando, portanto, 25,4%, ou 7,8 mil jovens de 12 a 29 anos.


“Sabemos que os adolescentes têm maior resistência ao vírus da covid-19, no entanto, a vacinação de todas as pessoas é necessária para que a transmissão da doença pare. Um adolescente desprotegido pode pegar a forma leve da doença e não vir a óbito, mas poderá passar o vírus para um familiar ou amigo idoso ou com comorbidades que terá maior chances de morrer. O bloqueio da cadeia de transmissão depende de todos nós", explica Sueli Aparecida, coordenadora do Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).


O painel do Ministério da Saúde aponta que todos com 60 anos ou mais tem cobertura de 100% conforme estimativa do IBGE, enquanto todos com 35 anos ou mais tem taxa acima de 80% de cobertura vacinal: 55 a 59 anos (93%), 50 a 54 anos (91,7%), 45 a 49 anos (85%), 40 a 44 anos (85,4%) e 35 a 39 anos (81,6%). Apenas os vilhenenses com 30 a 34 anos também apresentam taxa de cobertura vacinal próxima daquela apresentada pelos jovens, somando até o momento 77%.


“Temos vacinas, temos vacinadores e temos vários horários disponíveis. Aguardamos todos que ainda não começaram seu ciclo vacinal para receber a primeira dose e acabarmos de vez com essa pandemia. Ampliar a vacinação de jovens foi uma preocupação externada pela vereadora Nica Cabo João que trouxe até nós e vamos reforçar esses alertas. Vacinas salvam!”, explica o secretário municipal de Saúde, Wagner Borges.

 

Por Revista Imagem | Fonte: Semcom PMV

Russi 1
Brandão 3
Expressa 3
Recco 1
CNA 1
Souza 1
AnuncieAqui_edited.jpg
Expressa.jpg
AnuncieAqui_edited.jpg
Informe erro na matéria ou
envie sua sugestão de notícia

Mensagem enviada com sucesso! Entraremos em contato se for o caso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS